(11) 94386-8647 (Whatsapp)

A natureza íntima da água

(2 avaliações de clientes)

Apesar de sua substância imbricada semanticamente ao universo líquido, A natureza íntima da água é um livro de valor sólido e inexorável. Carlos Augusto Pereira estreia com este vigoroso conjunto de poesias, oferecendo-nos uma jornada por águas doces e salgadas, além dos veios epifânicos de seus aforismos à semelhança do Caderno H, de Mario Quintana. Seus referenciais literários exigem do leitor um repertório intertextual amplo e diverso, lembrando o Drummond de “Caso pluvioso” e “Adeus a sete-quedas”, o Pessoa de Mensagem, o Vinicius de Para viver um grande amor. Suas qualidades expressivas comportam largo conhecimento tanto da tradição quanto das formas poéticas contemporâneas. Não são fortuitas, mas frutos de engenho, as belas metáforas que avultam de seus versos, alçados pelo pendor lírico e afeitos não apenas à felicidade e à fortuna, mas sobretudo aos temas inevitáveis, como a dor, a perda, a finitude. Em A natureza íntima da água, de Carlos Augusto Pereira, você, leitor, vai se sentir num barco ondulante de palavras.
João Anzanello Carrascoza – romancista premiado

Descrição

Comprar versão impressa

    

Comprar digital (ePub)

              

2 avaliações para A natureza íntima da água

  1. Myriam Romero A de Souza

    Emoção toma conta da água alcança as palavras ,da vez ao poeta mor Carlos Augusto Pereira premiando leitores com estilo próprio proporcionando encantamento, imperdível estreia na poesia.
    Fazia falta poeta desse quilate.

  2. Nilcea Farina

    Além dos notáveis recursos formais e líricos, destaca-se também, na poesia do Carlos Pereira, a elaborada escolha temática. O cultivo do tema escorre, percorre e flutua por todo este labor literário em cuidado e densidade reflexiva na abordagem do elemento essencial “Água” em suas diversas peculiaridades.

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de e-mail não será publicado.